Your browser does not support JavaScript!
Navegar para Cima
Iniciar sessão
Secretaria Geral MAI

SIRESP

SIRESP – Sistema Integrado das Redes de Emergência e Segurança de Portugal (R.C.M. nº 56/2003)
Um sistema único, baseado numa só infraestrutura de telecomunicações nacional, partilhado, que deve assegurar a satisfação das necessidades de comunicações, permite, em caso de emergência, a centralização do comando e da coordenação das diversas forças de emergência e de segurança, satisfazendo a intercomunicação, a interoperabilidade, a fiabilidade, racionalização de meios, recursos e custos.
rede.png
O SIRESP é uma rede 2G na variante de tecnologia Tetra caracterizada pela particularidade de chamadas em grupo e na funcionalidade walkie-talkie. Foi construído fazendo uso do modelo de financiamento PPP (Parceria Público-Privada) em que o parceiro privado é a empresa Siresp SA.
 
A Siresp SA é a operadora que gere a rede, construída por si e seus parceiros de negócio. Do lado do estado existe o modelo da Entidade Gestora que supervisiona os níveis de serviço e gere o contrato assinado com o parceiro privado, a Secretaria Geral do MAI.
 
Os utilizadores da rede são todas as entidades do MAI, como a GNR, PSP, SEF, ANSR e ANPC. De outros ministérios como a PJ, a AMN, Serviços Prisionais, etc. Ainda outros parceiros como os Corpos de Bombeiros, Serviços de Protecção Civil Regionais e Municipais, Metro de Lisboa, etc.
 
A estratégia actual passa por quatro linhas directoras: 
I.              Grau de Serviço e Cobertura – Probabilidade dos serviços móveis da rede SIRESP estarem disponíveis para um utilizador em qualquer lugar, hora e situação. Capacidade de resposta da rede SIRESP a situações de variação da carga resultante de cenários operacionais. 
II.             Segurança – Prevenção, gestão e redução dos riscos para a segurança da rede SIRESP. Segurança da informação e integridade das comunicações em situações criticas de confidencialidade. 
III.            Resiliência – Capacidade de recuperação das funções da rede para proporcionar e manter um nível aceitável de serviço em resposta a situações de falhas. 
IV.          Utilização – Aumentar significativamente o número de utilizadores da rede e permitir a integração operacional entre entidades em situações reais de emergência e segurança nacional
 
utilizadores.png 
 
 

 Entidades Aderentes

 Listagem entidades utilizadoras_jan2014.pdf

Última atualização: 06-02-2015 15:28



CONTACTOS GERAIS

Secretaria Geral da Administração Interna
Rua S. Mamede n.23
1100-533 Lisboa

Tel: 213 409 000

© 2015 - SGMAI - Todos os direitos reservados