Portugal assume a Presidência do Conselho da União Europeia pela quarta vez, motivado a trabalhar em prol das oportunidades que emergem da atual crise. É nesse sentido que serão prosseguidos esforços para reforçar a resiliência das nossas sociedades, na promoção de uma Europa segura, que aposta cada vez mais num enfoque preventivo, e na materialização de uma abordagem positiva e holística da migração promovendo um estreito diálogo com os nossos parceiros, em particular os nossos​ parceiros Africanos.