Your browser does not support JavaScript!
Navegar para Cima
Iniciar sessão

Missões Internacionais

 
O Ministério da Administração Interna tem assumido um importante papel no desígnio nacional de contribuição para a manutenção da segurança no mundo, com a participação das Forças e Serviços de Segurança que, em 2002, participaram pela primeira vez em missões internacionais de manutenção de paz, com o destacamento de elementos policiais na Bósnia e na Sérvia.

O conceito tradicional de missão de paz, que visava sobretudo garantir a proteção das populações civis e prestar assistência ao apoio humanitário, deu origem a mandatos mais complexos e multifacetados que exigem, cada vez mais, objetivos claros e exequíveis com correspondência nas capacidades e recursos disponíveis. A resposta aos problemas de ordem pública passou também a integrar a dimensão civil das operações de gestão de crises e a contribuição para o desarmamento, a desmobilização e reintegração de grupos armados bem como o apoio ao sector de segurança, que são hoje aspetos de maior valoração no empenhamento das capacidades policiais ao serviço da manutenção da paz e gestão civil de crises.

A participação de Portugal em Missões Internacionais tem como princípios orientadores os compromissos internacionais assumidos pelo Estado português que nos vinculam a contribuir para a paz e segurança mundiais, sendo igualmente esta contribuição muito significativa para a credibilização da política externa portuguesa e para a visibilidade e estatuto do Estado Português no seio das Instituições Internacionais.

Deste modo, o envolvimento das Forças e Serviços de Segurança do MAI em Missões Internacionais tem em conta as orientações políticas, os objetivos nacionais, as prioridades estratégicas na área da segurança e defesa superiormente definidas, e o evoluir da situação securitária e humanitária nos diversos países ou regiões que compõem o sistema internacional.

À Direção de Serviços de Relações Internacionais da Secretaria - Geral da Administração Interna, compete coordenar a participação das Forças e Serviços de Segurança do MAI em missões de paz internacionais, procurando uma estratégica que contribua para o eficaz destacamento dos contingentes e forças constituídas de polícia nacionais nas missões de paz e de gestão civil de crises. Assim, através desta coordenação, e do acompanhamento da participação das Forças e Serviços de Segurança do MAI, procura-se também alcançar o reforço da influência e da visibilidade externa do país.

Empenhamento de Portugal nas Missões de Paz e de Gestão Civil de Crises:

EFETIVO DAS FORÇAS E SERVIÇOS DE SEGURANÇA
EM MISSÕES INTERNACIONAIS (reportado a 31 de janeiro de 2017)
 
EFETIVO
TOTAL
GNR
PSP
MISSÕES ONU
 
 
 
MINUSCA - RCA
 
1
1
MINUSTAH - Haiti
 
1
1
MSA Colômbia
 
4
4
UNIOGBIS
1
 
1
MISSÕES UE
 
 
 
EULEX Kosovo
1
 
1
EUMM Geórgia
2
 
2
TOTAL
4
6
10
 
EFETIVO DAS FORÇAS E SERVIÇOS DE SEGURANÇA EM MISSÕES
INTERNACIONAIS COM LSV* (reportado a 31 de janeiro de 2017)
 MISSÕES ONU
Nº ELEMENTOS
TOTAL
PSP
SEF
 
 
 
 
Missão MINUSCA - RCA
 1
 
1
UNIOGBIS
 1
 
1
Missão MINURCAT – RCA e Chade
 1
 
1
ONU – Deputy Security Adviser
 1
 
1
UNODC – Senegal, Dakar
2
1
3
UNDP
 1
 
1
UNFPA
  
1
1
Missão MINUSTAH - Haiti
 1
 
1
Angola – Segurança das NU
 1
 
1
Missão MINUSMA - Mali
 1
 
1
UNMIK - Kosovo
 3
 
3
Departamento do Alto Comissariado para os
Direitos do Homem - Nepal
 1
 
1
ONUCI – Costa do Marfim
 1
 
1
TOTAL
 15
2
17
*LSV – em regime de licença sem vencimento
 
Última atualização: 03-03-2017 15:19



CONTACTOS GERAIS

Secretaria Geral da Administração Interna
Rua S. Mamede n.23
1100-533 Lisboa

Tel: 213 409 000

© 2015 - SGMAI - Todos os direitos reservados